Entre pergaminhos e tesouros – I

Publicação: 21 de maio de 2011

steampunk ladyRio de Janeiro, 25 de dezembro de 1875.

Acabo de desempacotar meu último presente de natal. Ganhei uma caderneta com capa de couro marrom de um tio parisiense, na carta anexa ele diz que é a última sensação na Cidade Luz, que todos os escritores e retratistas têm um para registrarem seus pensamentos.

Acho que meu tio Bartô passou tanto tempo como restaurador do Louvre que agora quer um artista na família.

Pena que meu único talento é ler rapidamente.

Decidi: vou fazer desse caderninho meu diário. Vou usa-lo para comentar sobre livros, fazer fichamentos e pequenas notas bibliográficas. E vez por outra posso escrever sobre alguma coisa memorável que aconteça comigo.

Bem, é melhor eu começar a preencher aqui.

Nome: Carolina.

Endereço: Rua do Passeio, número 16, no Largo da Lapa, próxima a Biblioteca Imperial e Pública da Corte.

Escolaridade: Curso Normal completo.

Talento: Memorizar as coisas facilmente e boa fluência em latim.

Aniversário: 29 de fevereiro.

Sonho: Trabalhar na Biblioteca Imperial e Pública da Corte.

– Como se isso fosse possível, mas sonhar não custa nada.

Pronto terminei aqui por hoje.

Clique aqui para ver a continuação


Tags ,
Categorias Sem categoria

4 Respostas para
     “Entre pergaminhos e tesouros – I”

Deixe um Comentário

Entre em Contato

Deseja falar com o autor?

Basta clicar no e-mail abaixo!

luanebulosa@steampunk.com.br

aoLimiar

Divulgue você também sua obra no aoLimiar.

O aoLimiar - Rede Social de Editoras, Escritores e Leitores de Literatura Fantástica.

Hospedagem aoLimiar | Projeto dotWeb